Educação Física Bacharelado

Duração:
4 anos | 3.466 horas

Titulação:
Bacharel

Turno:
Noturno
Sobre o curso

É a promoção da saúde e da capacidade física por meio da prática de exercícios e atividades corporais. O bacharel ou licenciado em Educação Física organiza, executa e supervisiona programas de atividades físicas para pessoas ou grupos. Prepara crianças e adultos para as inúmeras modalidades de esporte. Auxilia no tratamento de portadores de deficiência, aplicando exercícios especiais. Pode trabalhar com grupos, em escolas, clubes e academias de ginástica, ou prestar atendimento individual, como personal trainer. Para exercer a profissão é obrigatório o registro no respectivo conselho (CONFEF – Conselho Federal de Educação Física/CREF – Conselho Regional de Educação Física). Para lecionar em escolas de educação infantil, ensino fundamental e médio é necessário o diploma de licenciatura.

MERCADO DE TRABALHO

Com a evolução na carreira, o Profissional de Educação Física é pleno nos serviços à sociedade, no âmbito das atividades físicas e desportivas, nas suas diversas manifestações e objetivos. O Profissional de Educação Física atua como autônomo e/ou em instituições e órgãos públicos e privados de prestação de serviços em atividade física, desportiva e/ou recreativa e em quaisquer locais onde possam ser ministradas atividades físicas, tais como: Instituições de administração e prática desportiva, instituições de educação, escolas, empresas, centros e laboratórios de pesquisa, academias, clubes, associações esportivas e/ou recreativas, hotéis, centros de recreação, centros de lazer, condomínios, centros de estética, clínicas, instituições e órgãos de saúde, "SPAs", centros de saúde, hospitais, creches, asilos, circos, centros de treinamento desportivo, centros de treinamento de lutas, centro de treinamento de artes marciais, logradouros públicos, praças, parques, na natureza e outros onde estiverem sendo aplicadas atividades físicas e/ou desportivas. Outra opção é tornar-se empresário e proprietário de academias, estúdios ou instituições que desenvolvam atividades físicas esportivas.

Salário inicial: 1 mil a 2 mil / Ganho intermediário: de 2,5 mil a 5 mil / Auge da carreira: de 6 a 10 anos

Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)/Ministério da Educação (MEC), (2010), e Conselho Regional de Educação Física (CREF)

quanto ganha
um Educador(a)?
Salário Médio
R$ 1.273,94
Trainee/Júnior
R$ 1.116,50 a R$ 2.358,61
Pleno
R$ 1.744,53 a R$ 2.948,26
Sênior/Master
R$2.180,66 a R$ 4.606,66
FORMAS DE ACESSO AO CURSO

O acesso ao curso de Educação Física do UNICERP pode ser feito por uma das opções abaixo:

• Exame vestibular realizado anualmente;

• Pela nota do ENEM;

• Matrícula com isenção de processo seletivo (vestibular) para portadores de diploma de graduação (para vagas remanescentes);

• Matrículas decorrentes de transferências externas para alunos cursando Educação Física em outras IES (para vagas remanescentes);

• Matrícula decorrente de mudança de curso, para alunos já matriculados em outros cursos do UNICERP (para vagas remanescentes).

  • Número de vagas anuais:
    50
  • Dimensionamento das turmas:
    50
  • Mensalidades (2020):

    R$ 962,00

     

  • Regime da matrícula
    Semestral
COORDENAÇÃO
  • PROF. ROBERTO GONçALVES

    Formação: Graduado em Educação Física pelo Centro Universitário do Triângulo – Unitri. Especialista em Atividade Física Laboral e para Pessoas com Necessidades Especiais. Mestrando em Educação Física na UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba. Coordenador e docente no curso Educação Física no Centro Universitário do Cerrado Patrocínio. Experiência na área de Educação Física, atua principalmente nos seguintes temas: personal trainner, dança salão, terceira idade, grupos especiais, dança na escola, montagem coreográfica e docência no ensino superior.

  • Ano em que ingressou na instituição
    2008
  • ATO REGULATÓRIO

    Ato regulatório


    Modalidade: Bacharelado em Educação Física. Renovação de Reconhecimento pelo MEC conforme Portaria nº 134 de 01/03/2018, Data de Publicação 02/03/2018

mais informações

Envolvem aquelas atividades realizadas pelo aluno, vinculadas à sua formação e/ou promovidas pelo seu curso, visando à complementação curricular, bem como atualização permanente dos alunos acerca de temas emergentes.

As Atividades Complementares visam estimular o aluno a realizar desde os primeiros períodos do Curso, ações práticas relacionadas à profissão de Profissional de Educação Física, possibilitando uma melhor qualificação para o mercado de trabalho, sendo promovidas com os seguintes objetivos:

- Enriquecer os conteúdos programáticos das disciplinas;

- Introduzir novas metodologias de aprendizagem;

- Estimular no estudante o exercício da reflexão e o desejo de aprender, articulando os diferentes conteúdos e compreendendo o caráter mutável do conhecimento;

- Estimular a necessidade de educação permanente;

- Atualizar permanentemente os alunos envolvidos nos cursos oferecidos pela Instituição, estimulando a prática do pensamento científico, o desenvolvimento de projetos de pesquisa e de novas habilidades comportamentais, políticas e sociais;

- Estimular o aluno para verificar a utilidade e a aplicabilidade dos conteúdos ministrados nas diferentes disciplinas do semestre;

- Ampliar os mapas mentais dos alunos; e

- Contribuir para a melhoria do perfil do egresso desejado pelo curso.

As Atividades Complementares são desenvolvidas em espaços de tempo não coincidentes com os horários das aulas na graduação. A cada Atividade Complementar realizada, de acordo com o Manual de Atividades Complementares do Curso, é atribuída uma carga horária pré-definida, conforme a duração da mesma. Esta exigência é considerada um fator diferencial na qualificação da formação.

As Atividades Complementares são programadas com antecedência e divulgadas aos alunos no início do período letivo vigente.

São consideradas atividades acadêmicas complementares: seminários, congressos, oficinas, festivais, palestras, exposições, cursos de curta duração, iniciação científica, cursos on line, vivência profissional complementar, atividades de extensão, dentre outras.

Dessa forma, estas atividades buscam propiciar aos alunos: o incentivo à pesquisa e iniciação científica, através da inclusão de atividades do tipo: participação e apresentação de seminários, congressos, palestras e workshops; a integração teoria e prática, por meio da oferta de oficinas práticas e outras atividades práticas, realizadas sob a orientação de professores ou profissionais, em projetos realizados na Instituição ou externamente; a ampliação do universo cultural e artístico, mediante a realização de visitas a exposições, filmes, vídeos, festivais, dentre outros; o aperfeiçoamento acadêmico, propiciado pela realização de cursos que visam: ampliar o conhecimento geral, facilitar a atuação do aluno na profissão e/ou no mercado de trabalho, aprofundar o conhecimento referente à área de graduação do aluno; as experiências de monitoria; o contato com a realidade social, viabilizado pela participação nas atividades de extensão; o desenvolvimento da responsabilidade ambiental, propiciada pela presença em campanhas, visitas, dentre outros, que têm este tema como eixo de estudo; a preparação para o mundo do trabalho, através de uma variedade de atividades complementares voltadas para a prática profissional (apresentação de produtos ou serviços de empresas, projetos de treinamento profissional, vivência profissional, dentre outros), que visam desenvolver competências como: empreendedorismo, iniciativa, liderança e habilidades para gerenciar mudanças; o desenvolvimento da responsabilidade e do compromisso social, por meio da participação em trabalhos voluntários, projetos comunitários e campanhas sociais, elaboradas e desenvolvidas pela Faculdade Estácio de Sá de Vitória ou por outras instituições sociais.

Assim, as atividades complementares previstas pelo Curso viabilizam a integração ensino, pesquisa e extensão e o desenvolvimento de ações de responsabilidade social, proporcionando aos alunos a vivência de situações que contribuem para o crescimento dos alunos como cidadãos e profissionais.

Clique e acesse o regimento das Atividades Complementares

 

Normas e Cartilhas

Carta da Educação Física Escolar

Cartas

Cartilha Lei Estágio nº 11788-2008

Manuais Educação Física

Manual do Profissional de Educação Física

Nasf - Caderno Atenção Básica - Diretrizes

Fale com o coordenador do curso, Prof. Roberto Gonçalves

Telefone geral: (34) 3839.3737 – Ramal: 207

Secretaria da coordenação: (34) 3839.3710

Coordenação: (34) 3839.3729

E-mail: edufisica@unicerp.edu.br