Cafeicultura

Duração:
3 anos | 2.720 horas

Titulação:
Tecnólogo em Cafeicultura

Turno:
Noturno
Sobre o curso

Abrange o conjunto de todas as operações e transações envolvidas na produção de Café que vãos desde as operações nas propriedades rurais, até o processamento, distribuição e consumo do mesmo. O Tecnólogo em Cafeicultura exerce atividades relacionadas à produção, comercialização de produtos à base de café, incluindo o produto in natura, além da concepção, projeto e gestão de todos os setores dessa cadeia agroindustrial, dimensiona e administra frota de máquinas e implementos agrícolas, administra o sistema de produção agrícola utilizando conceitos de agricultura de precisão, visando a otimização do uso dos insumos agrícolas e a minimização dos efeitos advindos da produção agrícola no ambiente, administra unidades armazenadoras visando o pré-processamento e o processamento dos produtos dentre outras atividades.

MERCADO DE TRABALHO

A profissão do Tecnólogo em Cafeicultura é regulamentada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), e o Curso de Cafeicultura do UNICERP é cadastrado no CREA-MG. O mercado de trabalho é bastante amplo e abrange inúmeras possibilidades de atuação profissional, podendo atuar na cadeia do agronegócio cafeeiro, trabalhando em grandes empresas e cooperativas ou acompanhando pequenos cafeicultores. Elaborar e executar projetos agrícolas compreendendo o cultivo, a produção, o armazenamento, o beneficiamento e a comercialização do café. Dominar os aspectos da produção cafeeira como espécies e variedades, exigências climáticas, manejo de mudas, condução da lavoura e colheita, infraestrutura de beneficiamento, além de aspectos fitossanitários da cultura do café. Fiscalizar, elaborar relatórios e pareceres sobre o controle de qualidade, classificação e certificação de cafés.

quanto ganha
um Cafeicultor(a)?
Salário Médio
-
Trainee/Júnior
-
Pleno
-
Sênior/Master
-
FORMAS DE ACESSO AO CURSO

O acesso ao curso de Cafeicultura do UNICERP pode ser feito por uma das opções abaixo:

• Exame vestibular realizado anualmente;

• Pela nota do ENEM;

• Matrícula com isenção de processo seletivo (vestibular) para portadores de diploma de graduação (para vagas remanescentes);

• Matrículas decorrentes de transferências externas para alunos cursando Cafeicultura em outras IES (para vagas remanescentes);

• Matrícula decorrente de mudança de curso, para alunos já matriculados em outros cursos do UNICERP (para vagas remanescentes).

  • Número de vagas anuais:
    50
  • Dimensionamento das turmas:
    50
  • Mensalidades (2021):

    R$ 755,00

  • Regime da matrícula
    Semestral
COORDENAÇÃO
  • PROF. DARLAN LEITE DA SILVA MARQUES

    Formação: Experiência na área de administração, com ênfase em gestão de cooperativas e agronegócio. Especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Bacharel em Gestão de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa. Espacialização em Gestão Estratégica de Negócios pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro - IFTM - Campus Patrocínio-MG. Atua como professor universitários e consultoria através da Petrus Consultoria e Instrutoria nas áreas de negócios em cooperativas e empresas.

  • Ano em que ingressou na instituição
    2014
  • ATO REGULATÓRIO

    Modalidade: Tecnológico em Cafeicultura. Renovação de reconhecimento de curso pelo MEC conforme Portaria N° 467, DE 18 de maio de 2021.

mais informações

O UNICERP criou mecanismos de aproveitamento de conhecimentos, adquiridos pelo estudante, através de estudos e práticas independentes, presenciais e/ou a distância, a saber: monitorias e estágios; programas de iniciação científica; programas de extensão; estudos complementares e cursos realizados em outras áreas afins. Regulamentadas e institucionalizadas, as Atividades Complementares constituem-se em ações de ensino, pesquisa e extensão de caráter obrigatório a serem desenvolvidas pelo acadêmico no transcorrer do curso. Seus objetivos são os de flexibilizar o currículo do curso e propiciar aos seus acadêmicos a possibilidade de aprofundamento temático e interdisciplinar.

Segundo o regulamento específico, as atividades complementares são classificadas nas modalidades de ensino, pesquisa, extensão, serviço comunitário ou representação estudantil. As atividades complementares deverão ser distribuídas e desenvolvidas ao longo de todo o curso de graduação.

De acordo com a matriz curricular do curso superior de Tecnologia em Cafeicultura, o aluno deverá cumprir 100 horas de atividades complementares para integralização da carga horária obrigatória.

 

Clique e acesse o Regulamento de Atividades Complementares 

Fale com a coordenadora do curso, Prof. Darlan Leite da Silva Marques 
Telefone geral: (34) 3839.3737 – Ramal: 262
Secretaria da coordenação: (34) 3839.3710
E-mail: cafeicultura@unicerp.edu.br